1964 (inicio do Zimbo Trio) a 1977


1964


No dia 17 de março, nós, Rubens Alberto Barsotti, Luiz Chaves Oliveira da Paz e Amilton Teixeira de Godoy, nos apresentamos, pela primeira vez ao público, como ZIMBO TRIO, em um show de NORMA BENGUEL, realizado na BOITE OÁSIS, sob a direção de Aluízio de Oliveira. No mesmo ano, nos apresentamos no TÊNIS CLUBE DE SANTOS. Inauguramos o CLUBE NACIONAL de Ribeirão Preto, com um show, onde se apresentara, também, o comediante CHICO ANÍSIO e a cantora DORIS MONTEIRO. Com o patrocínio do CENTRO ACADÊMICO XI DE AGOSTO, da Faculdade de Direito de São Paulo, participamos do show "FINO DA BOSSA", que foi gravado pela RGE. Durante três meses, trabalhamos nos shows das Faculdades, dirigidos por WALTER SILVA, todos realizados no TEATRO PARAMOUNT.Recebemos o prêmio "PINHEIRO DE OURO", como melhor conjunto instrumental no I FESTIVAL DO PARANÁ DA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA. Nesse ano, fizemos nossa primeira gravação. Foi o disco "ZIMBO TRIO - VOLUME I", pelo selo RGE.


1965

Viajamos, juntamente com ELIS REGINA, para o PERU, nos apresentando, em LIMA, durante 21 dias, na Televisão Peruana, Canal 3 e no HOTEL BOLIVAR. Do PERU, seguimos para a ARGENTINA, onde atuamos no Canal 13 de Buenos Aires e na BOITE MAU MAU. Em Abril, patrocinados pelo Canal 7, TV RECORD, recebemos o prêmio "ROQUETE PINTO" de melhor conjunto instrumental. Fizemos, nesse dia, junto com ELIS REGINA e WILSON SIMONAL, o número final, resultando desse grupo, o programa que iria marcar época "O FINO DA BOSSA". Fizemos a trilha sonora do filme "NOITE VAZIA", junto com ROGÉRIO DUPRAT e fomos agraciados com o prêmio de melhor música de cinema. Nesse ano, recebemos, novamente, o "PINHEIRO DE OURO" no II FESTIVAL DO PARANÁ DA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA.

ZT_antiga.jpg


1966


Em fevereiro deste ano, viajamos para PORTUGAL. Em LISBOA, atuamos no CASINO ESTORIL e no TEATRO ROMA e na cidade do PORTO, no TEATRO SÃO JOÃO. Em seguida, fomos para a ÁFRICA e nos apresentamos nos TEATROS AVIZ e MIRAMAR na cidade de LUANDA. Seguimos, então, para a FRANÇA, para participarmos, na cidade de CANNES, do FESTIVAL DE CINEMA. Fomos contratados para uma temporada na BOITE PORÃO 73, no RIO DE JANEIRO, com ELIS REGINA. Fizemos, também nesse ano, uma excursão por todas as capitais Brasileiras. Pela terceira vez, recebemos no 3° FESTIVAL DO PARANÁ DA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA, o troféu "PINHEIRO DE OURO", ofertado pelo governador do Estado, Dr. NEI BRAGA. Recebemos, também, o prêmio "EUTERPE" Cidade de SÃO SEBASTIÃO DO RIO DE JANEIRO, do jornal "CORREIO DA MANHÃ" e "BIBLIOTECA ESTADUAL" coluna de CLARIBALTE PASSOS. Pela segunda vez, recebemos no Canal 7, TV RECORD, o prêmio "ROQUETE PINTO". Fomos agraciados, ainda, com o título de melhor conjunto instrumental, no FESTIVAL DEL DISCO INTERNACIONAL DE MAR DEL PLATA, na ARGENTINA. Pela RGE, lançamos o disco "ZIMBO TRIO - 3° VOLUME". Ainda pela PHILLIPS, gravamos com ELIS REGINA, o disco "FINO DO FINO", feito ao vivo, no auditório da TV RECORD.


1967

Pela composição e execução da trilha sonora do filme "A MARGEM", ganhamos o prêmio, novamente, de melhor música de cinema, outorgado pelo INSTITUTO NACIONAL DE CINEMA. Esse mesmo filme recebeu, também, menção honroda de melhor música, no FESTIVAL DE BRASÍLIA e o prêmio GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Musicamos, também, as trilhas dos filmes "AS ARMAS" e "O QUARTO". Este último representou o BRASIL no FESTIVAL INTERNACIONAL DE BERLIM. Nesse mesmo ano, viajamos para a ARGENTINA, fazendo apresentações na BOITE MAU MAU e no CANAL 13. Pelo selo RGE, lançamos o disco "É TEMPO DE SAMBA", com ZIMBO TRIO e CORDAS - 1° VOLUME.


1968


Em fevereiro, nos apresentamos em um show com ELIZETH CARDOSO e JACOB DO BANDOLIN, no TEATRO JOÃO CAETANO, no RIO DE JANEIRO, show esse, gravado pelo selo MIS - Museu da Imagem e do Som. Em abril, convidados pelo ITAMARATY, juntamente com ELIZETH CARDOSO, viajamos em missão cultural de divulgação da Música Popular Brasileira, para o MÉXICO, GUATEMALA, EL SALVADOR, HONDURAS, NICARÁGUA, COSTA RICA, VENEZUELA, COLÔMBIA, PERU, BOLÍVIA, CHILE, ARGENTINA, URUGUAI e PARAGUAI. Nesse mesmo ano, recebemos pela 2a vez, o título de melhor conjunto instrumental, no FESTIVAL DEL DISCO INTERNACIONAL DE MAR DEL PLATA. Em junho, fizemos com ELIZETH CARDOSO, uma temporada no TEATRO DE BOLSO, no RIO DE JANEIRO. Em setembro e outubro, nos apresentamos juntamente com ELIZETH CARDOSO, na BOITE SUCATA, no RIO DE JANEIRO.


1969


Convidados pela ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS (OEA), viajamos com ELIZETH CARDOSO, para representar o BRASIL no FESTIVAL INTERNACIONAL DE COSQUIN, em CORDOBA - ARGENTINA. Nesse ano, atuamos no TEATRO TONELEIROS, no RIO DE JANEIRO com ELIZETH CARDOSO e MILLOR FERNANDES, direção de OSWALDO LOUREIRO. Fizemos, também, uma excursão pelos estados do norte do BRASIL, com ELIZETH CARDOSO. Ainda com a mesma ELIZETH CARDOSO, fizemos uma temporada na BOITE BLOW UP, em SÃO PAULO. Gravamos ainda pela RGE, o disco ZIMBO TRIO E METAIS - DECISÃO. Outra gravação levada a efeito, nesse ano, foi o 2° VOLUME de ZIMBO TRIO, ELIZETH CARDOSO e JACOB DO BANDOLIN, gravação essa, feita também, ao vivo no TEATRIO JOÃO CAETANO, no RIO DE JANEIRO. Nesse mesmo ano, gravamos pelo selo COPACABANA, ao vivo, ELIZETH e ZIMBO, BALANÇAM NA SUCATA.

Captura_de_tela_2016-10-02_02.17.39.png


1970

Viajamos para a ARGENTINA, onde em BUENOS AIRES, nos apresentamos desta vez com a cantora SYLVIA MARIA, na Televisão, Canal 13 e BOITE BWANA do HOTEL ALVEAR. Nesse ano, também estivemos no URUGUAI, apresentando-nos em MONTEVIDEO, no TEATRO SODRE. Viajamos para o PERU, nos apresentando no TEATRO DA UNIVERSIDADE DE LIMA. Pelo selo PHILLIPS, gravamos o disco "ZIMBO TRIO STRINGS AND BRASS PLAYS THE HITS".



1971

Viajamos para a ARGENTINA, onde em BUENOS AIRES, nos apresentamos desta vez com a cantora SYLVIA MARIA, na Televisão, Canal 13 e BOITE BWANA do HOTEL ALVEAR. Nesse ano, também estivemos no URUGUAI, apresentando-nos em MONTEVIDEO, no TEATRO SODRE. Viajamos para o PERU, nos apresentando no TEATRO DA UNIVERSIDADE DE LIMA. Pelo selo PHILLIPS, gravamos o disco "ZIMBO TRIO STRINGS AND BRASS PLAYS THE HITS".


1972


Nesse ano, nos limitamos, pelas circunstâncias de contrato, a viajar pelo BRASIL, cumprindo compromissos anteriormente assumidos. Percorremos, assim, todas as Capitais Brasileiras, numa maratona de 64 apresentações. Gravamos, pela PHILLIPS, o disco OPUS POP com ZIMBO TRIO E ORQUESTRA.




1973


No mês de março, partimos para uma atividade completamente diferente daquela que normalmente fazíamos. Depois de estudos mais apurados e depois de muita pesquisa no ramo, nos dispusemos a montar uma escola de música. Não uma simples academia onde se ministrasse conhecimentos de música tão somente, mas, sim, uma escola que proporcionasse, aos alunos, condições técnico-musicais, para que pudessem, perfeitamente, ingressar no profissionalismo.Assim, alicerçados nos longos anos de experiência e de conhecimento no campo da música, fundamos o CLAM - CENTRO LIVRE DE APRENDIZAGEM MUSICAL. Apesar de nos ocuparmos, sobremaneira, com a criação do CLAM, ainda nos apresentamos no TEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO e no MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO (MASP). Viajamos, novamente para a ARGENTINA, para nos apresentarmos, ao vivo, na Televisão e gravamos dois Vídeo Tapes. Gravamos pela PHILLIPS, o 2° VOLUME DE OPUS POP.


1974


Até meados deste ano, fizemos várias excursões pelas Capitais Brasileiras, totalizando 31 apresentações. Contudo, o destaque de 1974 foi, sem dúvida, a apresentação que fizemos na ARGENTINA, no TEATRO COLON de BUENOS AIRES. Em noite de gala, nos apresentamos com a ORQUESTRA SINFÔNICA DE BUENOS AIRES, sob a regência do MAESTRO SIMON BLECH, executando um concerto em 3 movimentos, composto especialmente, para o ZIMBO TRIO, pelo MAESTRO CYRO PEREIRA. Ainda nesse ano, nos apresentamos em vários espetáculos no TEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO, destacando, entre eles, os que tiveram a participação da cantora americana NANCY WILSON. Ainda pelo selo PHILLIPS, lançamos o disco "ZIMBO TRIO - FM STÉREO".


1975


Um dos festivais mais marcantes de nossa carreira, foi, sem dúvida, o de CARACAS - FESTIVAL DE ONDA NUEVA, criado por ALDEMARO ROMERO. Apresentando a obra "HERÓICA", de ADILSON GODOY, recebemos o 1° prêmio desse festival, onde se apresentaram músicos de alto gabarito como FRANK POURCEL, HELMUT ZACARIAS, ASTOR PIAZOLLA, FRANCIS LAY, DAVID GRUSIN, DAVID  Microsoft Word - Trajetoria Zimbo Trio 1964 a 2012.doc

RASKIN e outros mais. Viajamos, também à ARGENTINA, para programas de televisão. Nesse ano, fizemos uma excursão pelo interior do Estado de São Paulo, a convite da SECRETARIA DA CULTURA, CIÊNCIA E TECNOLOGIA do Governo do Estado, divulgando, em caráter cultural, a Música Popular Brasileira.


1976


Nesse ano, fizemos outra tourné pelo interior do Estado, em uma ampla divulgação da Música Popular Brasileira, ainda a convite da SECRETARIA DA CULTURA, CIÊNCIA E TECNOLOGIA do Estado de São Paulo. Pelo selo RGE, gravamos o disco "ZIMBO TRIO" com HECTOR COSTITA e HERALDO DO MONTE.



1977

Novamente, a convite da SECRETARIA DA CULTURA, CIÊNCIA E TECNOLOGIA do Estado de São Paulo, excursionamos pelo interior do Estado de São Paulo. Viajamos para VENEZUELA, nos apresentando em CARACAS, em concertos no HIPOCAMPO e no TEATRO AULA MAGNA da Universidade de CARACAS. Estivemos, também, no URUGUAI, desta vez com a cantora CÉLIA, no CAFÉ CONCERTO LA FRAGATA e televisão, na cidade de PUNTA DEL ESTE. Pelo selo MIS - MUSEU DA IMAGEM E DO SOM, lançamos o "3° VOLUME DE ZIMBBO - ELIZETH CARDOSO E JACOB DO BANDOLIM".